A APAD – Associação Protetora dos Animais de Descalvado – está fazendo uma campanha em redes sociais para a chegada do inverno solicitando doações de cobertores usados, edredons e tapetes para o acolhimento dos cerca de 200 animais, entre cães e gatos acolhidos pela entidade.

Segundo a administradora da Associação, Rosa Cortapasso, a maioria dos animais são cães e a preocupação tem sido a de não aumentar o número de animais acolhidos devido à estrutura do local e pelas despesas. Mesmo recebendo um auxílio do poder público municipal e valores repassados através de emendas impositivas dos vereadores, para a manutenção das atividades, algumas necessidades são supridas pelas doações da comunidade e de empresas.

Para manter a higiene do ambiente são altos os custos com produtos de limpeza e equipamentos, e com a chegada do inverno é preciso munir o estoque de cobertores, pois a APAD está localizada numa região baixa da cidade muita fria nessa época do ano. As noites e as manhãs já estão com uma temperatura fria.

A Associação é uma entidade sem fins lucrativos e depende muito de doações em vários setores como ração, medicamentos, areia para gatos entre outras situações como material de limpeza. A população de Descalvado sempre foi muito solicita e várias pessoas fazem a doação na própria agropecuária para ser revertida de acordo com as demandas do dia a dia.

Rosa diz que a ração nem é mais a principal necessidade da entidade, pois a empresa Royal Canin tem feito doações que ajudam muito permitindo que os gastos sejam direcionados para outras necessidades.

Outra grande dificuldade da entidade são os colaboradores que acabam tendo uma grande rotatividade, não permanecendo no trabalho. Atualmente são quatros colaboradores fixos para todo o trabalho diário e aos fins de semana e feriados.

A administradora da APAD conta que nos dias de hoje tem sido difícil contar com o apoio de pessoas voluntárias dentro da entidade, mas existem algumas que contribuem com o recolhimento de gatos e cachorros abandonados e levam para a castração. “Temos amigos que ajudam, mas não temos pessoas que se habilitam a dar carinho e a levarem os animais para um passeio.

 Nas redes sociais

Rosa cadastrou um Tik Tok @rosacortapasso que está com quase 10 mil seguidores, para postar vídeos dos animais e o dia a dia na entidade com fofuras e travessuras, além da página da APAD no facebook https://www.facebook.com/apad.descalvado.1/ , onde divulga ações e campanhas em prol da entidade.

Então, vamos ajudar esses ‘anjos peludos’ a não passarem frio. Doem aquilo que não tem mais uso, doem aquele cobertor encostado e aquele edredom velho para os animais da APAD.

Quem não tiver como levar até à sede da APAD pode fazer um contato com a Rosa que ela vai buscar. A APAD fica localizada atrás do Almoxarifado Municipal, na estrada para a antiga horta, na Vila Municipal.