“Deliberação do Comitê indicou projetos de 17 municípios que podem ser contemplados ainda este ano”

A cidade de Pirassununga (SP) sediou no último dia 26 de maio, sexta-feira, a 84ª Reunião Plenária Ordinária do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Mogi Guaçu (CBH Mogi), da qual Descalvado faz parte e teve a deliberação para a indicação de um importante projeto que pleiteia recursos do FEHIDRO (Fundo Estadual de Recursos Hídricos), no valor de R$ 283 mil.

O prefeito Becão Reschini participou da reunião realizada no CEPTA (Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Aquática Continental) – ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), acompanhado do secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH), Valdecir Marcolino e, do chefe da Seção de Planejamento e Fiscalização Ambiental, Dario Maio.

Os membros presentes deliberaram sobre empreendimentos aprovados no âmbito do CBH-Mogi, como prioridades de investimentos para a distribuição de recursos financeiros do FEHIDRO da fonte da Compensação Financeira pela Utilização de Recursos Hídricos (CFURH) e, da Cobrança pelo Uso da Água (COB) do exercício e orçamento deste ano.

Descalvado havia apresentado um projeto para a substituição das válvulas hidráulicas do Sistema de Tratamento de Água do Município, pleiteando através do FEHIDRO um recurso aproximado de R$ 283 mil. Na deliberação do Comitê o projeto foi indicado para análise. O projeto, se aprovado, deverá contar ainda com uma contrapartida de recursos próprios em torno de R$ 29 mil.

Segundo Dario Maio, após o aceite da indicação do projeto pelo Comitê, é preciso aguardar outros trâmites burocráticos até a contemplação definitiva. Cada município integrante do CBH Mogi apresentou seu projeto e nem todos receberam indicação. Descalvado está entre os 17 municípios pré-aprovados.