Desde o dia 31 de maio, quarta-feira, algumas centrais e linhas telefônicas da Prefeitura Municipal ficaram inoperantes, inclusive de acesso ao Centro de Saúde e alguns serviços de internet.

Após análises, concluiu-se tratar de um problema externo, a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos / Departamento de Água (SEMARH) ficou totalmente parado, sem telefonia, ainda na quinta-feira, dia 1º de junho, bem como todas as unidades de saúde do município.

Houve o retorno de representante da Vivo, na tarde de quinta-feira, explicando sobre o rompimento de um cabo ótico na região e que afetava parte da cidade de Descalvado e até mesmo de outros municípios.

Segundo informações, a equipe de engenharia da empresa estaria fazendo a substituição de 1.100 metros de cabos, no local do rompimento e não havia como precisar a normalização do sistema.

Acredita-se que não só os setores públicos tenham tido problemas com a telefonia da Vivo, como outras pessoas e empresas que possuem o uso do sistema Vivo.

O setor da Divisão de Administração da Prefeitura enviou uma notificação à empresa solicitando restabelecimento do sistema com urgência e propondo uma reunião para tratar dessas constantes interrupções do sistema de telefonia, sendo um assunto grave por atingir unidades de saúde.