O Palmeiras é o campeão paulista de 2023. O Verdão derrotou o Água Santa por 4 a 0 neste domingo, no Allianz Parque, conquistou o bi e chegou ao 25º título estadual. Os gols foram de Gabriel Menino (2), Endrick e Flaco López.

O Palmeiras abriu 3 a 0 ainda no primeiro tempo e espantou a zebra depois de perder por 2 a 1 no duelo da ida, na Arena Barueri. A etapa final foi de administração do resultado e ainda deu tempo de Flaco ampliar.

FALA, MENINO!

“Dia após dia, treino após treino, nossa vontade foi incomparável, nossa concentração nunca houve igual em outro campeonato, e deu tudo certo. No primeiro jogo entramos desconcentrados, como se não fosse o Palmeiras. Respeitamos o Água Santa, um grande time, que continuem assim no próximo ano, e esse é o Palmeiras. É o ano apenas começando. Eu mudei a chave, estou mentalmente forte”

Endrick comemora o seu gol na final

Diferentemente do jogo de ida, na Arena Barueri, o Palmeiras mostrou uma postura mais decisiva logo de cara na primeira etapa. Em sete minutos, Murilo teve duas chances para abrir o placar: uma foi para fora, a outra defendida por Ygor Vinhas. Weverton, vale ressaltar, precisou fazer uma defesa também, em chute de Gabriel Inocêncio, mas foi só. Aos 15 minutos, falta perto da área para o Alviverde. Gabriel Menino bateu na barreira, porém no rebote ele completou para o gol. 1 a 0.

Placar agregado igualado e tranquilidade para buscar vantagem

O Palmeiras seguia dono do jogo, sem ser ameaçado pelo Água Santa, e buscou ampliar o marcador. Aos 26 minutos, Dudu fez uma linda jogada individual pelo lado direito do ataque e cruzou no segundo pau, onde Gabriel Menino (de novo ele) estava para completar de cabeça. 2 a 0 e mais tranquilidade no jogo. Tanto é que, aos 33 minutos, Rony finalizou, Ygor Vinhas rebateu e Endrick completou no rebote para colocar o 3 a 0 no placar, encaminhando o título paulista.

Confusão no fim do primeiro tempo e quase expulsão

Em um lance bobo, na lateral de campo, Dudu entrou em conflito com o zagueiro Didi, do Água Santa e acabou armando um soco nas costas do adversário. A ação gerou uma reação do banco de reservas do time de Diadema, e consequentemente do banco do Palmeiras. O árbitro Raphael Claus, que já havia distribuído cartões amarelos, foi chamado pelo VAR, mas manteve decisão de campo.

Gabriel Menino fez dois primeiros gols do jogo

Palmeiras cai de ritmo no segundo tempo, Água Santa assusta, mas López amplia

Com o placar na mão, o Verdão voltou para a segunda etapa com intensidade mais baixa do que antes do intervalo. Sem muitas chances de ampliar, a defesa alviverde cometeu alguns vacilos e viu o Água Santa chegar com perigo para esboçar uma reação. Abel decidiu então tirar três jogadores de uma vez, entre eles Flaco López, que recebeu passe de Rony, limpou a marcação e marcou o quarto gol palmeirense no Allianz Parque, o primeiro do argentino jogando dentro de casa.

Goleada garante mais um título para a galeria do Palmeiras

A goleada sobre o Água Santa fez com que o Palmeiras virasse o placar agregado para 5 a 2, garantindo o título estadual de 2023, o 25º da história alviverde. O roteiro foi parecido com a final do ano passado, quando o Verdão perdeu o primeiro jogo por 3 a 1 e venceu o segundo por 4 a 0, no Allianz Parque. Dessa forma, os palmeirenses chegam ao terceiro título paulista nos últimos quatro anos. Vale lembrar que o time já havia conquistado a Supercopa do Brasil, contra o Flamengo.