Ministério Publico e Policias Militar e Civil em ação conjunta acataram a denuncia feito pelo site Descalvado Sp sobre os maus tratos em idosos na unidade do Asilar.

No final da tarde desta segunda-feira 04/04, a justiça de Descalvado determinou a interdição da Instituição de Longa Permanência de Idosos (ILPI) conhecida como ‘Asilar’, localizada na vicinal que liga as cidades de Descalvado e Pirassununga, na área rural do município.

A medida atende uma solicitação do Ministério Público local, que na última quinta-feira (31/03) instaurou um procedimento para apurar denúncia de maus-tratos contra os idosos que vivem no Asilo e Lar Evangélico das Assembléias de Deus (Asilar) – Lar Redenção. Cabe recurso da decisão.

Além da denúncia no MP, um boletim de ocorrência foi registrado e a Polícia Civil trabalha na apuração de possíveis irregularidades.

Logo após a instauração do procedimento no Ministério Público, na sexta-feira (01/04) uma equipe multidisciplinar  composta por representantes do Poder Público, da Vigilância Sanitária e do CREAS estiverem no Asilar para uma apuração das denuncias. Após apresentarem um relatório detalhado ao MP, a Promotoria Pública solicitou a interdição imediata do local, pedido este que foi deferido no final da tarde desta segunda-feira.

Fonte: Descalvado News