Pastor Adilson Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Descalvado, pleiteia acréscimo de R$ 200 reais mensais no auxílio alimentação dos servidores municipais, para o ano de 2022.

Desde março de 2020, quando a pandemia do COVID-19 desencadeou a crise econômica, os brasileiros em geral passaram por desafios financeiros, principalmente os trabalhadores de renda baixa.

Os servidores municipais, igualmente, foram prejudicados. Há quase 2 (dois) anos não tiveram reajuste nem no salário, tampouco no cartão alimentação. Como neste período os índices da inflação explodiram, principalmente no que tange os produtos comercializados nas prateleiras dos supermercados, o consumo com o cartão alimentício ficou bem menor e o servidor se viu tendo que dispor de dinheiro do salário para complementar os gastos com alimentação.

Os servidores que recebem um salário mínimo tiveram o sustento de suas famílias comprometido nos últimos anos, já que perceberam de modo muito evidente a redução do poder aquisitivo”, defendeu o vereador.

Pastor Adilson, por fim, disse que esses profissionais fazem a diferença para o Município, prestando serviços de relevância à toda comunidade descalvadense.