O vereador Mir Valentim (Cidadania) assina Moção de Apelo para que seja feita reposição salarial e seja concedido aumento real de salário para as Forças de Segurança Pública do Estado. A moção é endereçada ao governador, à Secretaria de Desenvolvimento Regional e à Assembleia Legislativa (ALESP).

As Forças de Segurança Pública do Estado compreendem as Polícias Militar, Civil, Técnico-Científica e Penal. “O Estado de São Paulo é o que mais arrecada, sendo considerado a 21ª economia do mundo”, aponta.

Segundo ele, o portal do governo na internet informa que em 2019 o Produto Interno Bruto do Estado cresceu 2,8%, sendo o desempenho da economia paulista mais que o triplo da média nacional, que foi de 0,9%.

As Forças de Segurança Pública são as que mais gozam de confiança e credibilidade do povo. Possuímos a mais dedicada e bem preparada Força de Segurança Pública do Brasil, e uma das melhores do mundo”, afirma.

Investimentos Insuficientes

Para Mir, “os investimentos em Segurança Pública são insuficientes, pois segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2021, em 2020, do total de despesas executadas pelo governo do Rio de Janeiro, 15,8% foram destinadas à segurança pública, enquanto em São Paulo, apenas 5,4%”. 

Apesar de São Paulo ter registrado superávit orçamentário em 2020, diz Mir, o “Estado não cumpre sua obrigação constitucional de fazer a revisão anual dos salários dos policiais, o que viola o princípio constitucional da Legalidade”.

Mir aponta que a perda do valor real dos vencimentos dos policiais e insuficiência financeira “não afeta somente o policial e sua família, mas atinge também os serviços públicos e a população em geral”.

Problemas com Estresse

O estresse permanente causado pela insegurança financeira e o endividamento podem levar os policiais à ‘venda da folga’, que se refere ao trabalho extra no que era para ser período de descanso”, observa.

As Forças de Segurança Pública de São Paulo recebem o pior salário do País, sendo o Estado que possui o maior custo de vida para seus habitantes. As Forças de Segurança Pública possuem o maior número de deficientes físicos do mundo em relação a outras Polícias”, completa.

CRAS

Mir indica a pintura do prédio que abriga o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), na Rua 24 de Outubro. “A pintura do local está totalmente deteriorada, o que causa aspecto de abandono”, observa.

O vereador destaca que o CRAS recebe diariamente inúmeras famílias de baixa renda que buscam apoio para ter acesso a serviços como cadastramento e acompanhamento em programas de transferência de renda.