Em agosto iniciou-se a reforma do Centro de Convivência Prof.ª Maria Aparecida Fioroni Kastein, onde estão localizados o anfiteatro “Prof. Georgina Lefcadito Álvares” (Antigo Cine Teatro Estação) e o Museu Público Municipal. As mudanças previstas no anfiteatro, visam atender as demandas dos artistas de dentro e fora do município, que reivindicavam, há anos, a ampliação do palco e outros melhoramentos.

O espaço ganhou, aproximadamente, 25 m² e uma rampa de acesso para cadeirantes e pessoas com dificuldade de locomoção. A antiga sala de projeção do cinema será transformada em uma sala técnica para operação de luz e som, durante os espetáculos; as cadeiras foram totalmente reformadas. Após a finalização da obra, serão instalados ainda dois novos aparelhos de ar-condicionado, iluminação de palco e bebedouros no hall de entrada. Todas essas ações visam dar mais conforto aos usuários do principal espaço de apresentações culturais do município.

A reforma do Museu Público Municipal, por sua vez, atende ao Plano Museológico, elaborado pela museóloga Luana Viera em 2018. Estão previstas a ampliação da reserva técnica, onde ficam guardados os objetos que não estão em exposição; a ampliação do espaço para exposições temporárias; a desativação da copa, que colocava em risco o acervo em exposição por conta da presença de alimentos e do gás de cozinha; a melhoria dos espaços de circulação e a acessibilidade dos banheiros.

Após a reforma, a equipe do Museu pretende instalar uma nova exposição principal, o que também atende as metas previstas no Plano Museológico. Essa nova exposição conta com uma curadoria compartilhada, envolvendo representantes da Diretoria de Cultura e da Associação Amigos do Museu Público Municipal de Descalvado – AMUD e a museóloga. O projeto está em vias de conclusão e visa aumentar o número de objetos expostos, melhorar o espaço para circulação e apreciação da exposição, dinamizar a comunicação, se utilizando de recursos multimídias e linguagens diversificadas, garantindo, assim, a acessibilidade de informação a todos os públicos.

Além do cuidado com o material exposto, há um projeto para melhorar o espaço de reserva técnica, que conta com a ampliação promovida pela reforma e compra de móveis para melhor acondicionar os objetos. (OBS: a compra de armários foi feita com recursos de emendas impositivas desse ano).

A reforma é custeada por recursos próprios do município. Até o momento,, já foram empenhados mais de R$ 160 mil na reforma, fora a compra de equipamentos que também contam com o apoio do Poder Legislativo, através de emendas impositivas da legislatura passada.

A expectativa de inauguração dos dois espaços é em 2022, dentro das comemorações dos 190 anos de Descalvado.