O vereador Marcelo Figueiredo (Cidadania) indica ao Executivo a formalização de parceria com o Escritório Regional do Sebrae para a implementação em Descalvado do Sebrae Aqui e do Plano de Desenvolvimento Local.

A ideia, de acordo com ele, é criar uma unidade de atendimento oferecendo capacitação e apoio para os empreendedores descalvadenses, a fim de incentivar a retomada econômica;

Figueiredo destaca que “o objetivo da instituição é preparar os micro e pequenos empresários para obterem as condições necessárias para crescer e acompanhar o ritmo de uma economia competitiva”.

Ele lembra que Descalvado chegou a ter um Posto de Atendimento ao Empreendedor (PAE), mantido a partir de parceria entre o Sebrae, Prefeitura e ACID, mas acabou fechado já há alguns anos.

Estive em contato com o Sebrae e fui informado de que há a possibilidade da parceria”. Além disso, prossegue, “em meio à pandemia, o Sebrae criou o Programa de Desenvolvimento Local para apoio aos empreendedores no processo de retomada da economia”.

Estacionamento para Motos

Figueiredo solicita destinação de estacionamento para motocicletas na Rua Coronel Arthur Whitaker, entre as Ruas Paula Carvalho e Conselheiro Antônio Prado, onde não há estacionamento exclusivo para motos.

Segundo ele, comerciantes da região reclamam da dificuldade de motoboys, clientes e funcionários estacionarem suas motocicletas próximos a seus estabelecimentos. “Por não haver estacionamentos específicos conforme o tipo de veículos, motos e carros disputam espaço entre si e o trecho fica muito desorganizado”, pontua.

Dia do Agricultor

Marcelo Figueiredo é autor de projeto de lei que insere no calendário de eventos do Município “Dia do Agricultor” em homenagem aos profissionais que trabalham com o cultivo de produtos da terra, como frutas, hortaliças e vegetais.

O agricultor possui ampla relevância na economia brasileira e também para a população mundial, pois é a sua atividade que propicia a maior parte da produção de alimentos”, justifica.

Produzem os alimentos que estão na mesa de todos os trabalhadores. Por esse motivo, a homenagem aos agricultores, além de justa, é necessária, pois faz referência a um dos mais relevantes serviços prestados para a sociedade”, conclui.