Subscribe Now

* You will receive the latest news and updates on your favorite celebrities!

Trending News

27 jul 2021

Blog Post

Mir quer relatório mensal da concessionária de transporte coletivo
Câmara Municipal

Mir quer relatório mensal da concessionária de transporte coletivo 

O vereador Mir Valentim (Cidadania), por meio de requerimento, cobra da Prefeitura que envie mensalmente à Câmara Municipal o relatório fornecido pela Realidade Transportes e Turismo e os documentos referentes ao pagamento de eventual subvenção à empresa.

Mir lembra que na sessão ordinária de 10 de maio foi aprovado projeto de lei autorizando a concessão de subvenção econômica para o custeio do transporte coletivo de modo a manter a modicidade da tarifa cobrada aos usuários do serviço público.

Conforme o projeto aprovado, “a subvenção mensal corresponderá à diferença entre o custo mensal da linha do transporte coletivo urbano e o valor mensal das receitas tarifárias arrecadadas dos usuários do serviço público”.

A subvenção, prossegue Mir, será submetida à análise do Poder Executivo, com dados diários quanto à quilometragem; quantidade de passageiros, com ou sem benefício de gratuidade; receita tarifária arrecadada; e, horários de início e término do percurso.

De acordo com este relatório que será analisado pela Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento, Obras e Serviços Públicos, será indicado o valor da eventual subvenção”, completa.

Câmera de Vigilância no Cemitério

Mir reivindica instalação de câmeras de vigilância no Cemitério a fim de inibir os furtos que há muito tempo são registrados no local. Trata-se, segundo ele, de “um problema recorrente e bastante antigo, mas que permanece sem solução”.

Para Mir, “a perda de um ente querido já é um momento de grande tristeza e dor para as famílias e ter que lidar com a violação dos túmulos e os furtos, torna a situação ainda mais difícil”.

O parlamentar lembra que há alguns anos houve uma ocorrência mais ousada em que o portão foi estourado e os meliantes entraram de carro e furtaram imagens de Santa Luzia e do Anjo da Fortuna, que adornava o túmulo de Joaquim Pacheco de Mendonça, consideradas históricas. As peças nunca foram recuperadas.

Related posts