Vítima de 49 anos chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. Autor do crime foi preso pela PM.

O vigilante que foi esfaqueado durante uma briga de trânsito em Araraquara (SP) nesta quarta-feira (12) não resistiu aos ferimentos e morreu na Santa Casa.

Segundo informações do Boletim de Ocorrência, a vítima foi identificada como Daniel Elias Grecco, de 49 anos. O suspeito de cometer o crime, um homem de 34 anos, foi preso pela Polícia Militar.

O caso aconteceu na Avenida Prudente de Moraes, no Centro, durante a manhã. Golpeado com um facão, o vigilante foi socorrido em estado grave para o hospital.

Já o suspeito foi detido em uma caminhonete na Avenida Maurício Galli. Ele a esposa, que estava no veículo no momento do crime, foram levados para a delegacia para prestarem depoimento.

De acordo com o B.O., o suspeito contou à Polícia Civil que agrediu “fisicamente o vigilante porque ele e sua esposa foram ofendidos verbalmente, após discussão de trânsito“.

Xingamentos

O suspeito, que é morador de São Carlos, contou que parou no cruzamento da Prudente de Moraes para pedir informações. Nisso, o vigilante parou atrás e começou a buzinar e xingar. Foi então que o homem foi tentar estacionar a caminhonete e a vítima foi atrás.

Já com ambos fora dos veículos, a briga continuou e o acusado desferiu golpes de facão no vigilante.

A mulher disse que não viu o momento que o marido desferiu os golpes de facão, porque já tinha descido do veículo, mas chegou a ver algo parecido com uma arma na mão do vigilante.

A vítima era moradora do Jardim Tamoio, em Araraquara e estava em um veículo Santana.

O acusado foi preso em flagrante e encaminhado para a cadeia. O caso foi registrado como homicídio qualificado.

A perícia foi acionada e a polícia investiga o caso. A arma utilizada no crime foi apreendida.