Subscribe Now

* You will receive the latest news and updates on your favorite celebrities!

Trending News

28 jul 2021

Blog Post

Vaguinho sugere convênio para Descalvado receber valores de multas de trânsito
Câmara Municipal

Vaguinho sugere convênio para Descalvado receber valores de multas de trânsito 

O vereador Vagner Basto (Republicanos) sugere ao Executivo a formalização de convênio com o DETRAN para que os pagamentos das multas recebidas em outras localidades do Estado por veículos licenciados em Descalvado sejam enviados para o Município.

De acordo com ele, “é possível que os gestores municipais solicitem valores líquidos referentes a multas de trânsito aplicadas em outras localidades diferentes do município de origem ao que o carro é registrado”.

A receita arrecadada com as multas de trânsito, explica Vaguinho, pode ser aplicada em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito.

Limpeza de Praças

Vaguinho indica à Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento, Obras e Serviços Públicos e a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento determinem limpeza e manutenção de todas as praças do município.

Espaços que já foram cartões postais de nossa cidade, como a Praças do Lago e da Fepasa e o Parque Ecológico “Sebastião Fiochi” hoje são vistos negativamente devido à sujeira e ao mato, isso, sem citar tantas outras praças”, afirma.

A falta de limpeza pública é um dos temas mais recorrentes entre as reclamações dos munícipes. Por isso, constantemente é alvo de reivindicação dos vereadores. Ainda assim, as melhorias parecem não acontecer e não há evolução para a resolução do problema”.

Vaguinho observa que “invariavelmente a resposta às demandas dos vereadores é que as equipes são enxutas, que há poucos servidores e que a manutenção é difícil, sem que se haja movimentação para sanar efetivamente a questão”.

Energia Elétrica

O parlamentar sugere que Prefeitura e CPFL concluam a rede elétrica no Distrito Industrial do Tamanduá. “As empresas que receberam áreas no local não podem iniciar suas obras devido à ausência de energia elétrica”, frisa.

Related posts