Quase 6 mil pessoas já receberam doses contra a Covid-19 na cidade. Município lidera o ranking de vacinação na região central do estado.

Descalvado ampliou em quase 50% o total de pessoas que receberam doses da vacina contra o novo coronavírus. O avanço da vacinação na cidade deu-se no período de 14 dias, com base em comparação feita por meio do site Vacinômetro, do governo do Estado.

De acordo com a atualização feita às 12h01 na terça-feira (30/03), Descalvado chegou a 5.866 primeiras doses aplicadas, o que representa quase 13,6% da população. O total de pessoas imunizadas em segunda dose chegou a 1.232, ou seja, 3,6% dos moradores. O resultado mantém a cidade em primeiro lugar no ranking de vacinação na região central do estado. Os percentuais são calculados com base nas estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que em 2020 estimou que Descalvado contava com uma população de 33.910 pessoas.

Em segundo lugar na região central está a cidade de São Carlos, que também segundo os dados do Vacinômetro, chegou a 30.240 primeiras doses aplicadas (quase 12% da população) e a 9.172 pessoas imunizadas em segunda dose (3,6% dos moradores).

O acompanhamento das últimas duas semanas também permite avaliar a velocidade da vacinação em Descalvado. Neste período, o município realizou, em média, 137 aplicações ao dia, número que leva em consideração a aplicação das duas doses da vacina.

A expectativa agora fica por conta do recebimento de novas doses da vacina, o que poderá acelerar ainda mais as aplicações do imunizante. Vale lembrar que a promessa dos governos do Estado e federal é aumentar o ritmo de vacinação nas próximas semanas, com a entrega de lotes cada vez maiores das vacinas produzidas pelo Butantan e pela Fiocruz.

Nesta segunda-feira (29), O Instituto Butantan liberou mais 5 milhões de doses da Coronavac, para uso em todo o país. É a maior remessa em um único dia disponibilizada em março. Somente neste mês, foram entregues até agora 19,3 milhões de doses – quantitativo maior do que o disponibilizado em janeiro e fevereiro juntos.

A  Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) também anunciou que fará a entrega nesta semana, de mais 2,4 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 produzida em Bio-Manguinhos (RJ) Outras 3,2 milhões de doses estão previstas para a semana de 5 a 10 de abril e mais 5 milhões, entre 12 a 17 de abril. Com 1,8 milhão entregue em 17 março, o total chegará a 12,4 milhões de doses entregues ao PNI (Programa Nacional de Imunizações).