Subscribe Now

* You will receive the latest news and updates on your favorite celebrities!

Trending News

03 ago 2021

Blog Post

Vaguinho reivindica mais atenção e cuidados com o Bosque do Tamanduá
Câmara Municipal

Vaguinho reivindica mais atenção e cuidados com o Bosque do Tamanduá 

O vereador Vagner Basto (Republicanos) reivindica à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH) que, com urgência, reforme e amplie estação elevatória de esgoto, no Bosque do Tamanduá.

De acordo com ele, o equipamento está em “situação precária” e tornou-se motivo de preocupação para quem mora na região. “As bombas de sucção já tiveram seu funcionamento paralisado, ocasionando transtornos enormes aos moradores, inclusive com o retorno do esgoto para o interior das casas”, alerta.

As estações elevatórias de esgoto, explica Vaguinho, são necessárias, quando o bairro está abaixo do nível de coleta da rede, ou seja, é preciso bombear o fluxo de esgoto para um nível mais elevado, para que posteriormente este siga por gravidade até a estação de tratamento.

À medida que as bombas de sucção vão envelhecendo exigem mais manutenção e preocupação para o Município, inclusive com probabilidade de ocorreram novas interrupções. Isso é preocupante em um bairro como o Bosque do Tamanduá, que está crescendo rapidamente, aumentando o volume de esgoto e exigindo solução rápida e eficiente”, aponta.

Aulas de Música

Vaguinho sugere a utilização do prédio do CRAS, Bosque do Tamanduá, para oferecimento de aulas de música às pessoas do bairro. Ele lembra que o prédio tem construção recente, mas não está sendo utilizado.

O prédio conta com recepção, sala de atendimento coletivo, sala de atendimento individual, escritório, almoxarifado, copa e sanitários e tem a devida estrutura para receber os cidadãos”, aponta.

A música é capaz de estimular o bom convívio social; harmonia; desenvolvimento da fala, da respiração, da autoestima; e, no caso das crianças, do desenvolvimento cognitivo”.

Distribuição do Kit Alimentação

Vaguinho indica que o Município faça a entrega do “kit alimentação” aos alunos da Rede Municipal semanalmente, de preferência às segundas-feiras e não de forma mensal, como ocorreu no ano passado.

Os kits vêm sendo distribuídos pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura neste período de pandemia, para suprir a falta da merenda escolar. “Em 2020, os kits foram distribuídos mensalmente, comprometendo a alimentação de muitas crianças”, observa.

O preço dos alimentos subiu absurdamente e, na mesma medida, o desemprego daqueles viram suas empresas cortar despesas ou irem à falência. Infelizmente, a merenda escolar é, em muitos casos, a única refeição diária de uma criança e, portanto, de estrita importância para seu crescimento e desenvolvimento”, conclui.

Related posts